Por mais autoconhecimento: O que é e como alcançar autoconhecimento?

O autoconhecimento é muito proclamado. Ainda assim, sua definição não é facilmente assimilado. Outro problema relacionado a ele e pensar que é algo longe e abstrato. Saiba que falar e aplicá-lo é muito importante. Explicaremos o que é e como alcançar autoconhecimento para ajudá-lo a viver efetivamente.

Definindo autoconhecimento

Sabemos o funcionamento de muitas coisas. Quem gosta de redes sociais domina as funcionalidades de cada uma. Quem gosta de informática domina os recursos dos programas. Quem gosta de séries e filmes conhece os clássicos e as novidades. O autoconhecimento é o conhecimento extremo de nós mesmos. É saber de onde viemos, onde estamos e para onde iremos emocionalmente falando. É saber quem fomos, quem somos e quem podermos ser.

O autoconhecimento nos acompanha em todos os aspectos da vida. Nos relacionamentos e na vida profissional esse saber leva a decisões conscientes. Enquanto a ausência de autoconhecimento leva a escolhas erradas que nos deixarão cada vez mais distantes de quem desejamos ser.

Mas, como alcançar o autoconhecimento?

O pensamento do escritor inglês William Shakespeare explica a importância do autoconhecimento: “De todos os conhecimentos possíveis, o mais sábio e útil e conhecer a si mesmo”. Realmente, de nada adianta saber quais são os caminhos possíveis se a estrada não esta pronta. Para alcançarmos quaisquer objetivos, devemos ter consciências de nossas qualidades, das nossas limitações e como podemos superá-las. Confira 3 maneiras simples para alcançar autoconhecimento:

1. Perguntar-se “quem sou eu”

Divida o exercício em três partes: quem você era na infância, quem é no presente e quem
pretende ser. Traga à tona o que fez você ser a criança que foi, o que fez você chegar ao
presente e como poderá ser o que pretende. Faça esse mergulho emocional com quem você
confia. Mostre suas impressões a pessoas de confiança para ajudá-lo a se reconhecer e
enxergar coisas que estavam ocultas.

2. Fazer a linha da vida

Trace no papel uma linha horizontal. Nela, faça um ponto que determina o presente. À esquerda, coloque fatos passados. À direita, coloque seus objetivos a curto prazo em seguida os mais distantes. Esse exercício ajudará a ver se você está preso ao passado. Caso veja que o passado se arrasta e fica perto do presente é sinal de alerta. O passado é importante, pois, nos ensina a lidar com a vida. Quando ele nos amordaça e amarra torna-se um fardo.

3. Ter um diário

Comum entre as meninas até alguns anos, o diário é importante ferramenta de autoconhecimento. Escreva sobre tudo: pensamentos, devaneios e sentimentos sem preocupar-se com regras de produção de texto. Deixe seu coração e sua mente falarem. Ao não impor filtros você sentirá seu corpo mais leve, física e emocionalmente. Leve seu diário com você e escreva sempre que sentir vontade.
Benefícios do autoconhecimento

Veja, na prática o que conquistamos com o autoconhecimento:
• Não ficamos mais amedrontados diante situações e pessoas;
• Não mendigamos atenção;
• Escolhemos companhias que nos coloquem para cima;
• Confiamos em nós, nos outros e na vida;
• Reconhecemos nossas qualidades;
• Não nos condenamos pelas limitações e buscamos nos aprimorar sempre;
• Encontramos/reconhecemos nossas vocações e colocamos em prática.

O caminho rumo ao autoconhecimento é árduo. Porém, mais árduo é viver sem conhecer nossas emoções e sentimentos. Quem não possui esse conhecimento extremo sobre si é igual dirigir mexendo no celular, você não enxerga nada e acaba batendo. Dedique tempo a esse mergulho emocional para mergulhar na vida.
Viu como o autoconhecimento é importante? E você? Qual seu grau de conhecimento pessoal?
Divida sua experiência com a gente.

Referência para esse post: Amente Maravilhosa